segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Intercâmbio Culinário: Mexidos de Natal


Por Luciana Betenson

Resolvi participar do Intercâmbio Culinário, criado pelas queridas blogueiras Ameixa Seca, Axly e Nana (que também é minha parceira no blog Ragazze nella Cucina Italiana). O Intercâmbio Culinário, para quem ainda não conhece, é um blog que publica receitas “trocadas” entre portuguesas e brasileiras. Funciona da seguinte forma: a parceira portuguesa escolhe receitas portuguesas típicas, manda para a parceria brasileira, que então escolhe uma para preparar, e vice-versa. Minha parceira portuguesa é a simpática Mónica Pinto, do Pratos e Travessas. Entre as receitas enviadas, escolhi os Mexidos de Natal.

Razões da escolha:
1º) eu amos doces!! :)
2º) sempre fui entusiasta do hábito português de fazer receitas mais elaboradas com pão. Aqui só conheço pudim de pão... que eu adoro mas não é um doce muito valorizado...

Já em Portugal me lembro com saudade das açordas que comi... principalmente as de camarão e de bacalhau, que são uma delícia! Para mim uma espécie de “risoto”, só que ao invés do arroz se coloca... pão!

Assim, adorei esta receita de um doce português tradicional e típico do Natal, no qual também se usa o pão.

A Mónica me conta que os Mexidos de Natal são originários do Minho, região do norte de Portugal e uma das mais bonitas do país. A ceia de natal no Minho é uma refeição riquíssima que Ramalho Hortigão (escritor português) descreveu assim: " Há um só banquete português que desbanca todos os jantares de Paris, mas que os desbanca inteiramente: é a ceia da véspera de Natal das nossas terras do Minho."

Vamos à experiência!! Primeiro, busca dos ingredientes: não houve jeeeeito de achar pinhões. Procurei em todos os supermercados, dos menores aos maiores, dos populares aos chiques e caros, e nada... Pedi para a Nádia trazer de Campos de Jordão (a Meca dos pinhões em SP) mas nem lá tem pinhão mais... Assim, acrescentei um pouco mais de passas e nozes para compensar.

Depois, na hora de começar a fazer o prato, vi que não tinha limões em casa... (socorro... eu JURAVA que tinha uns dois ainda aqui...) então usei casca de mexirica – hahahahahahaaaaaaa!!

O pão foi outra dúvida. Lembro-me que o pão português é semelhante ao italiano, talvez um pouco mais macio, e como em RP não existem tantas opções, fui no italiano mesmo. Só tirei a casca dura antes de usar.

Enfim, a elaboração do prato: deu tudo certo até a hora de acrescentar o pão. O meu formou “grumos”!!! Hahahahahahahaaa! Acho que é a falta de prática... Mais ainda, fui pondo mais e mais pão, achando que não dava o ponto, no fim foi o dobro do que mandava a receita. O que ocasionou uma conseqüência interessante: depois de frio, os Mexidos de Natal ficaram com a consistência de pudim, de “corte”. Se eu tivesse enformado e desenformado como pudim, tinha ficado bem legal também!

Bom, o gosto é delicioso, puxa nos temperos do vinho do porto, da canela, do mel... e vem na boca a doçura das passas e o crocante das nozes. Uma delícia! Obrigada Mónica!!!!!!!! :)

MEXIDOS DE NATAL
(para 8 pessoas)

1 ½ litro de água
1 colher (sopa) de manteiga
1 cálice de vinho do Porto (usei um cálice com 80 ml)
casca de meio limão (usei casca de mexirica)
1 pau de canela
2,5 dl de mel (pus 220 ml)
1 xíc (chá) de açúcar
1 pitada de sal
50 g de pinhões (não usei pois não achei)
50 g de nozes (usei 100 g)
50 g de uvas passas (usei 100 g)
250 g de pão (coloquei 500 g)

Levar ao fogo a água, a manteiga, o vinho do Porto, a casca de limão, a canela, o mel, o açúcar e o sal. Deixar ferver por 15 minutos. Juntar as nozes e as passas e deixar ferver mais 15 minutos. Cortar o pão em fatias bem finas e passar as fatias rapidamente em um pouquinho de água fervente. Esta água deve ser na menor quantidade possível. Juntar o pão à mistura, cuidadosamente para não formar grumos, deixar ferver mais um pouco para apurar, mexendo sempre.

8 comentários:

Manuela © disse...

Estes intercâmbios são sempre experiências muito enriquecedoras :)

Nunca fiz mexidos, mas adoro todos os ingredientes, deve ser uma sobremesa óptima.

Mónica disse...

Luciana,
você contou a sua experiência de uma forma muito engraçada!Adorei o post.
Os seus mexidos ficaram óptimos!Até consigo imaginar o cheirinho que deve ter ficado na sua cozinha. Mesmo que tenha ficado com consistência de pudim, não importa, o sabor é bom na mesma, fiquei com vontade de comer um bom pedaço. O que vale é que o Natal está quase aí e logo, logo vou voltar a comer mexidos.
Gostei muito de partilhar esta experiência contigo.

Um beijo grande, desta amiga de Portugal.
Mónica

Mari Azevedo disse...

Lu, ficou muito linda apresentação dos seus mexidos!! Morri de dar risada com teu post, eu vivo me atrapalhando também... rsrsrs, mas dessa trapalhada toda, saiu um doce maravilhoso!!! =D
No sábado, vi pão português para vender no Extra, quando fui comprar pão italiano na baguete, para fazer a entrada do almoço lá em casa... certamente tem Extra ai em RP, e de repente vc pode encontrar por lá, se quiser repetir a dose... quem sabe?
Bjãooo!!

Luciana B. - Ribeirão Preto disse...

Oi Manuela, obigada, eu de fato gostei muitos dos Mexidos!!

Mónica, que bom que você achou que os meus mexidos estão com cara boa, sinal que pelo menos acertei a receita :)

Mari, você acredita que não tem Extra em RP?? Até em Araraquara que é bem menor tinha!! Aha... mas tem Pão de Açúcar... e você tem razão tinha pão português lá :)

Cláudia disse...

Maravilhosa participação no Intercâmbio. Sempre achei as receitas portuguesas elaboradas e deliciosas. Também adorei o seu blog além do das Ragazzes... o qual você faz parte. Ainda não participei, mas vou sim!

bjs

Gina disse...

Luciana, não conhecia essa receita e estou achando esse intercâmbio muito legal. É um verdadeiro desafio!
Também vou participar e estou curiosa.
Bjs.

BETO disse...

Luciana, bom dia. Obrigado pela visita ao meu blog e por ter me listado. Eu já conhecia o Ragazze Italiane mas não conhecia esse outro blog. Já está listado no meu, e é maravilhoso como tudo o que vc faz. Bjs.

Carol disse...

Lu, que sobremesa diferente, realmente não conhecia!!! Adorei. Sabe, adoro pinhões, com nozes então, deve ser muito bom!! Também vou participar do intercêmbio novamente. Um grande beijo pra ti e um lindo final de domingo!!