quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Um presente muito especial e a primeira receita dele

Por Luciana Betenson

Há alguns Natais, minha sogra presentou a filha e as duas noras com algo muito especial. Ela tirou cópias do antigo livro de culinária usado pela sogra dela, encadernou-as e colocou na capa a foto da avó paterna do meu marido, com o título: “A gift down the years from Granny Ethel Betenson”. Não é demais?

O livro é uma preciosidade. Foi publicado em 1961 por um grupo de senhoras de origem inglesa que moravam no Brasil e eram voluntárias do Strangers Hospital do Rio de Janeiro e de outros hospitais que atendiam os ingleses na época. O livro é bilíngue, escrito de um lado em português e do outro em inglês, e tem coisas muito interessantes, desde traduções de cortes de carne, peixes e legumes; dicas de culinária, conselhos domésticos e até uma receita chamada “How to cook a husband” (Como cozinhar um marido) que dá conselhos do tipo: “alguns maridos se tornam tão estragados por descuido ao cozinhar que não ficam macios e gostosos”... ou “algumas mulheres os cozinham em água quente, outras preferem congelá-los com seu descuido e indiferença”... e por aí vai :-) Ah! E tem as impagáveis propagandas antigas, como: “Use sabão em pó Rinso”, “Como é fácil limpar com Varsol!” e “Não deixe de tomar o leite de magnésia Philips” (Oi?! Num livro de CULINÁRIA?)

Escolhi como a primeira receita a fazer do livro aquela que estava mais marcada na memória gastronômico-afetiva do meu marido: os peanut butter cookies que a granny fazia para os netos. Meu marido disse que ficaram ainda melhores do que os que a avó dele fazia (deixa ela 'lá de cima' ouvir isto)...

Peanut Butter Cookies



1 xíc (chá) de manteiga (usei 100g)
1 xíc (chá) de açúcar branco
1 xíc (chá) de açúcar mascavo
2 ovos
1 xíc (chá) de manteiga de amendoim
½ col (chá) de sal
2 ½ xíc (chá) de farinha de trigo
1 col (chá) de fermento em pó químico
1 col (chá) de bicarbonato de sódio
1 xíc (chá) de amendoim torrado (opcional)

Pré-aquecer o forno a 180º. Bater na batedeira a manteiga com o açúcar branco e o mascavo. Juntar os ovos e a manteiga de amendoim, sempre batendo bem entre cada adição. Peneirar juntos os ingredientes secos e acrescentar à batedeira, aos poucos. Desligar a batedeira quando faltar uma xícara de farinha. Juntar o restante da farinha e os amendoins. Fazer bolinhas do tamanho de brigadeiros e achatá-las. Colocar em uma assadeira e levar para assar por cerca de 10 minutos. Retirar os biscoitos antes de ficarem moreninhos. Rende cerca de 40 biscoitos pequenos. (Eu usei um pouco da massa para fazer 'biscoitões', tipo aqueles americanos, pois os meninos pediram)



Feliz Natal a todos, que nossas esperanças se renovem com o renascimento de Jesus!

9 comentários:

Fabiano Mayrink disse...

Hoje é véspera de um dia muito especial então vim aqui espalhar alegria e desejar um natal repleto de felicidades, um enorme abraço!

um que delicia de biscoitos, eu tambem fiz!

Laély disse...

Luciana, maravilhosa receita de cookie, em qualquer época! Amo! Mais ainda, boas histórias!
Por isso, neste post, com sua devida licença, o personagem principal é esse "maravilhoso livro de receitas vintage", que lhe peço, encarecidamente, nos mostre: se não "ofender" suas antepassadas inglesas, que devem estar servindo um chá com biscoitos, na ceia de natal de hoje, lá no Céu.
Um abraço e feliz natal!

Magia na Cozinha disse...

LUciana que presente legal! Muito criativo!
Adorei os cookies. Ficaram com um aspecto realmente muito bom e vc ainda conseguiu reduzir um pouco da gordura. Ótimo!
Bjs :)

Maria Lúcia disse...

Oi Luciana! Cheguei ao seu blog porque estávamos pesquisando na net como fazer a feijoada judaica. Minha amiga já fez e me passou o seu blog. Gostei tanto que coloquei-o em minha lista de preferidos. Parabéns.
Vou testar tb a receita de hoje; os cookies ficaram com uma aparência ótima.
Depois vá me fazer uma visitinha.
Beijos.

Fabiano Mayrink disse...

Luciana nao tinha lido a postagem toda aquele dia, mais voltei hoje para ler, eu acho uma preciosidades esses livros de receitas antigas, minha mãe tem um que guardo com carinho, foi um otimo presente, e as dicas de como cozinhar um marido sao criativas pois sao saiu do tema do livro e sao todas verdade, um abraço!

Amehlia Digital ! ® disse...

Luh!!
Amei a história!! Eu adoraria receber uma preciosidade dessas, sou nostalgia pura!
E as frases, hein?! Com todo respeito mas as 'tias' entendiam bem do assunto...:D
Obrigada por compartilhar esse momento e essa receita...vou fazer aqui em casa (ainda bem q meu marido tinha uma 'nonna' q só fazia 'pasta', ñ vai ter como comparar..rs)
Um ano novo abençoado para vcs, viu?!!
Um bejim!!!

Cinara disse...

Que idéia maravilhosa a sua sogra teve! Muitas receitas são marcantes em nossas vidas, e poder reproduzi-las é sempre um presente...
Desejo a você e sua família um ano novo de muita saúde e prosperidade!
Beijo grande

Verena disse...

Lu, a sua sogra teve um lindo gesto ao dividir com vocês as receitas da Granny! Isso é que é ser generoso! Adorei a receita dos cookies e com certeza farei! Ficaram lindos!
Adorei te conhecer pessoalmente este ano e espero que possamos nos encontrar mais em 2010!
Muita paz, saúde e alegria para você e sua família neste ano que chega!

Nana disse...

hahahaha gostei da dicas amiga, vim desejar um 2010 cheio de paz e amor para você e agradecer por tudo, principalmente a nossa amizade.
bjss