sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Torta de alho poró (sem massa) do João Roberto

Por Luciana Betenson



Eu já contei para vocês aqui no Rosmarino sobre o João Roberto. Para quem não se lembra, vale a pena ler este post para conhecer melhor esse gourmet, chef e proprietário do restaurante La Pyramide de Ribeirão Preto.

Pois bem, além de tudo isto o João tem hoje uma coluna semanal, a “Na Minha Cozinha”, na revista Revide, editada aqui na cidade. Com um leve toque francês, o João fala sobre cultura, ensina detalhes interessantes sobre ingredientes e vinhos e dá algumas receitas. Foi com ele que aprendi que a endívia é produzida a partir de raízes de chicória cultivadas em local escuro (por isto inclusive ficam branquinhas!). Entre tantas receitas, separei duas para fazer. A primeira, do clafoutis de cerejas, está aqui guardada para depois do regime (chega de doces por ora...) A outra, a Torta de Alho Poró, fiz na semana passada para nosso lanche de sábado a noite.

Claro que eu confiava no João, mas a torta é boa demais :) O único porém é que usei uma forma maior do que ele recomendou e minha torta ficou muito 'baixinha'.

Combinada com uma saladinha, faz um jantar leve e delicioso. Assada em forminhas individuais, vira uma entrada ótima. Ou pode ser servida com carne, frango ou peixe, combina com tudo.

Torta de alho poró (sem massa) do João Roberto

3 xíc (chá) da parte branca do alho poró cortada em rodelas
2 ovos inteiros
2 gemas
2 col (sopa) de bacon em cubos
2 xíc (chá) de queijo ementhal ou gruyère em cubos (se não achar, troque por mussarela)
½ xíc (chá) de queijo parmesão ralado
250 ml de creme de leite fresco
1 col (sopa) de vinagre de vinho branco
Pimenta-do-reino moída na hora
Manteiga e farinha de trigo para untar a forma


Vamos lá. Ligue o forno a 200º C. Coloque o bacon e o alho poró em uma frigideira e leve ao fogo alto, mexendo sempre até as rodelas ficarem transparentes, mas não douradas. Adicione o vinagre e a pimenta-do-reino e deixe evaporar. Retire do fogo e, quando frio, distribua em uma forma refratária de 25 cm de diâmetro com o fundo e os lados generosamente untados com manteiga e polvilhados com farinha de trigo. Em uma vasilha, bata os ovos, as gemas e o creme de leite fresco com um batedor manual e espalhe cuidadosamente sobre o alho poró. Cubra de maneira uniforme com o queijo em cubos, pulverize com o queijo parmesão. Leve ao forno já quente por cerca de 30 minutos ou até a crosta ficar bem dourada.

O João recomenda: “aprecie a torta enquanto estiver bem quente com uma taça de vinho Riesling” :D

17 comentários:

ameixa seca disse...

Pode ter ficado pequena mas ficou bonito e o sabor está lá :)

Gina disse...

Sei bem quem é o João roberto. Já fiz aquele ratatouille maravilhoso mais de uma vez.
Essa torta ficou com uma aparência ótima, apesar de baixinha. No problem!
Bom final de semana.

Magia na Cozinha disse...

A torta ficou com um aspecto lindo, mas se vc não falasse nem se notaria que ficou baixa.
Bjs :)

Luciana B. disse...

Obrigada meninas!! Bjs ;-)

Ana Maria disse...

Parabéns Lu!!!... a torta ficou uma delícia!!!.Vale a pena fazer como manda a receita.
eu fiz e esta aprovadíssima

Alcina disse...

Adoro o sabor do alho poro(frances) em tortas, dá-lhe um toque bem especial:-)

Flavia Pantoja disse...

Nos amamos alho-poro aqui em casa! E essa torta sem massa ainda tem a vantegem de diminuir a culpa rsrsrssr
Acho que estou precisando ir conhecer Ribeirão e o restaurnte do Joao !!!

Bjs!

Tânia Saj disse...

Que receita ótima!! Sem massa!
Na foto ficou linda, e certamente o sabor delicioso!

Eduardo Luz disse...

La Pyramid! E nem precisamo ir até o Egito!Aguarde-nos!
Abs a todos!

Luciana B. disse...

Ana, na próxima terça publico a sua torta, que também ficou linda ;-)

Alcina, Flávia e Tania, obrigada, vocês vão gostar desta ;-D

Edu, rumo ao La Pyramide aqui vamos nós - hahahahahaaa!

Laély disse...

Nossa! Que caa boa!
Farei: sim, sim!

Laély disse...

É ca-ra( naõ, caca!)

Laély disse...

Nossa! esse teclado "está de mal de mim"...
Luciana: aqui em casa, não comemos nada de porco. O bacon poderia ser substituído pelo que, ou, não faz falta?

Valeria disse...

Luciana,Deve ter ficado ótima!!
eu tb não tenho olhos pra esse alho!adoro de montão!!
Tenho uma receita no meu blog tb de torta de alho poró que é tb muito boa!!Mas não sei se chega aos pés dessa sua!!
Bjs
Valéria
Papos de Anjo

Luciana B. disse...

Valeria, obrigada, vou checar a sua versão da torta de alho poró ;)

Laély, na questão "textura" (rsrsrsr!!) o bacon não faz diferença, mas na questão gosto faz um pouco, pois dá um toquinho especial... talvez você possa tentar colocar outra coisa... que tal salmão ou peito de peru defumado?

Fabiano Mayrink disse...

humm, ai que fome...

rs, abraços!

Alexandra disse...

Fiz a receita hoje e adorei!! Obrigada por ter compartilhado essa receita divina! Um abraço